468x60_zanox_10OFF

Brasileirão 2014

Publicado em setembro 28th, 2014 | por Thiago Rodrigo Alves Carneiro

0

Notícias sobre virada de mesa e tapetão no Brasileiro Série B 2014

O América Mineiro foi punido com a perda de 21 pontos e multa de R$ 4 mil, por supostamente ter escalado o lateral esquerdo Eduardo em sete partidas, e acordo com denúncia realizada pelo Joinville Esporte Clube, que também brigava pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro da Série B 2014 e conseqüente acesso ao Brasileirão 2015.

A Portuguesa de Desportos poderia se beneficiar em sua manutenção do clube paulista na Série B, após um conturbado caso de escalação irregular do atleta Héverton no ano anterior, num caso abordado em vários capítulos por esse portal, e que gerou várias discussões nas esferas futebolísticas e expôs ainda mais as deficiências do futebol brasileiro.

Entretanto, uma semana depois, o América-MG recuperou os pontos e, ao final do Campeonato, com ou sem punição ao clube mineiro a Portuguesa seria rebaixada com a pior campanha de toda a sua história em um campeonato brasileiro e trilhando um caminho que culminou com o rebaixamento na Série C em 2016 e a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D em 2017 pela equipe paulista

Entendendo o caso América-MG em 2014

No final do mês de agosto deste ano, a diretoria do Joinville Esporte Clube relatou que o lateral-esquerdo Eduardo, com passagens por Palmeiras e Guarani fora escalado irregularmente em uma partida – vitória sobre o ABC, pelo placar mínimo – e ficou no banco de reservas nas vitórias contra Paraná (1 a 0) e Oeste (3 a 0) e derrota para América de Natal (0 a 1). Condenado, o clube mineiro perdeu os nove pontos conquistados em campo, mais os 12 pontos das partidas em que o atleta apareceu na súmula.

A irregularidade, segundo o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que diz “incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente”. E ainda com o artigo 49 do Regulamento Geral de Competições 2014 da CBF, onde “um clube não poderá incluir em sua equipe, na mesma temporada, um atleta que já tenha atuado por dois outros clubes, em quaisquer das competições coordenadas pela CBF, com exceção das copas regionais, em consonância com as determinações da FIFA sobre a matéria”.

O lateral esquerdo disputou o Campeonato Paulista pelo São Bernardo, além da primeira fase da Copa do Brasil, quando o clube paulista enfrentou o Paraná Clube. Em seguida, transferiu-se para a Portuguesa e disputou a mesma série B em seis oportunidades, transferindo-se em seguida para o clube americano. Mesmo com o processo em andamento e o clube mineiro alegando não ter havido a irregularidade, o jogador já não faz mais parte do plantel.

 

Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tags: , ,




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Voltar ao Topo ↑