468x60_zanox_10OFF

Sobre o Virada de Mesa

O destino de muitos clubes do futebol brasileiro já foi decidido no Tapetão ou na canetada. Para poder mudar a história, é preciso conhecê-la de forma imparcial, contando fatos sem paixões clubísticas e sem o viés de captação de audiência da grande imprensa.

  • Quem não se lembra da Copa João Havelange que levou o Fluminense, campeão da Série C em 1999, para a Série A em 2000 em um campeonato completamente inchado?
  • Muitos se recordam dos casos de suborno em 1996 envolvendo Corinthians e Atlético-PR que evitaram o rebaixamento de Fluminense e Bragantino.
  • A Copa União, em 1987, com critérios mal definidos para formação dos Módulos Verde e Amarelo, é outro exemplo emblemático de vagas decididas fora de campo.
  • As vagas definidas na canetada, fora de qualquer regulamento, para a Taça de Ouro em 1982 e 1983, trazem à tona a antiguidade do tapetão no futebol tupiniquim.

Muitos são as histórias de rebaixamentos e classificações arranjadas ou anuladas, com vagas obtidas ou retiradas no tapetão, rasgando regulamentos da noite para o dia. Queremos aqui reunir muitas destas histórias para preservar a memória do futebol brasileiro.

Por Thiago Rodrigo Alves Carneiro, empresário e professor de Matemática e Estatística, amante do bom futebol com resultados conquistados dentro das quatro linhas, torcedor da Portuguesa de Desportos.

Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Voltar ao Topo ↑