468x60_zanox_10OFF

Brasileirão 1992 e 1993

Publicado em dezembro 15th, 2013 | por Thiago Rodrigo Alves Carneiro

6

Entenda a Virada de Mesa no Campeonato Brasileiro de 1992 e 1993

O Grêmio havia sido rebaixado no Brasileirão de 1991 e, no ano seguinte, foi apenas o nono colocado na Série B. Como um time que já havia sido campeão mundial poderia ficar tanto tempo na segunda divisão?

Como tudo começou?

Em 1992, era somente o quinto campeonato nacional com acesso e descenso, como a FIFA sempre recomenda que seja. Vinte clubes disputaram a primeira fase em turno único, todos contra todos, e Náutico e Paysandu terminaram nas duas últimas colocações, sendo rebaixados à Série B do Campeonato Brasileiro de 1993. O Flamengo foi campeão na oportunidade, vencendo o Botafogo na final, em uma emocionante final entre dois clubes cariocas no Maracanã com um golaço de falta do Júnior, hoje comentarista da TV Globo.

O Grêmio de Porto Alegre, rebaixado no Brasileirão de 1991, não conseguiria subir à elite se mantida a regra de acesso ao campeão e vice na série B em 1992, uma vez que terminou o Campeonato Brasileiro da Série B somente em nono.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por sua vez, decidiu mudar a regra de acesso e descenso poucos dias antes do Brasileirão de 1992, de tal sorte que os 12 primeiros colocados da série B daquele de 1992 disputariam a Série A em 1993. Ao mesmo tempo, depois do término do Brasileirão 1992, decidiu que não haveria rebaixamento naquele ano, salvando Náutico e Paysandu.

Gremistas e alguns jornalistas sustentam que não houve vaga à série A no tapetão em 1992, uma vez que consideram lícito seguir o regulamento definido poucos dias antes do campeonato – hoje o Estatuto do Torcedor não permitiria alterar regulamento tão próximo ao início da competição – e outros especialistas e torcedores rivais afirmam que a alteração pouco antes do ‘acender das luzes’ é, sim, uma forma criativa de virada de mesa. À luz das regras e estatutos de hoje, foi uma sutil garantia de vaga no tapetão; na época, era comum e natural mudanças abruptas de regulamento ano após ano e até durante o próprio campeonato.

Brasileirão de 1993

O Campeonato Brasileiro de 1993 foi um campeonato extremamente inchado, com 32 clubes divididos em quatro grupos (A, B, C e D) segundo critérios técnicos. Os oito piores seriam rebaixados para a segunda divisão em 1994, desde que fossem dos grupos C e D. Desta forma, criou-se um grupo de times com imunidade ao descenso (Grêmio, Internacional, Cruzeiro, Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Fluminense, Flamengo, Vasco da Gama, Palmeiras, São Paulo, Santos, Corinthians, Sport, Bragantino e Guarani) e, além disso, não houve segunda divisão naquele ano.

Ao final da primeira fase do Brasileirão de 1993, os rebaixados conforme o regulamento foram: Ceará, Santa Cruz, Goiás e Fortaleza (os 4 últimos do grupo C) e América/MG, Coritiba, Atlético/PR e Desportiva (os 4 últimos do grupo D). Por outro lado, Fluminense, Bahia, Botafogo e Atlético-MG fizeram campanha pior que muitos dos rebaixados e não caíram por força do regulamento, sendo que o clube carioca e o clube mineiro terminaram na penúltima e última posições daquele ano.

Trata-se de uma verdadeira bagunça e incoerência histórica de regulamentos da CBF, que só foi se organizar em acessos e descensos regulares a partir de 2001.

Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tags: , , , ,




6 Responses to Entenda a Virada de Mesa no Campeonato Brasileiro de 1992 e 1993

  1. Eduardo Almeida says:

    Fácil falar que em 1993 deveriam cair Atlético, Botafogo, etc. Fato é que os times com “imunidade de queda”, grupos A e B (por assim dizer, da 1a divisão), jogaram o campeonato entre eles, bem como os times dos grupos C e D (2a divisão). Se fosse pra haver rebaixamento nos grupos A e B, nada mais justo q jogassem também com os adversários mais fracos. Querer aplicar uma regra única a quem joga com Flamengo, Corinthians, São Paulo, e quem joga com Desportiva, Santa Cruz e Fortaleza, é zueira. Fato é q o campeonato de 93 foi essa zona por causa do Grêmio, mesmo.

  2. Rafael Conrad Franz says:

    Não tem porque falar em virada de mesa, já que a regra foi posta antes de iniciar o campeonato. O Grêmio talvez tivesse se esforçado mais se as regras fossem diferentes. Não houve benefício de um time em prejuízo de outro e não houve mudança no meio do campeonato, como aconteceu com o Fluminense.

  3. Sérgio Araújo says:

    O brasileirão série B de 1992 já iniciou sabedor do ascenso de 12 clubes para 1993. De maneira alguma foi mudado o número de times que subiriam após seu término, pelo motivo do Grêmio terminar em nono lugar. Teu texto parece meio tendencioso quanto a questão Grêmio. ( O que não deixa de ser meia verdade, pois antes do início do campeonato de 92 tanto série A quanto B foi tentada a mudança para a nao queda de grêmio e vitoria, e lógico, bahia e internacional foram contra na votação do clube dos 13. Ai havendo a mudança, ANTES DO INICIO, do ascenso de 2 para 12 clubes ) Ou pura falta de informação ou colocação de texto. Ou apenas um equívoco. Dá uma pesquisada, já que este campeonato eu acompanhei. Abraço Amigo ( Sérgio, Atlético Paranaense

    • Talvez, em uma cronologia que não fosse exatamente a ideal, relatamos os fatos como eles aconteceram.

      Dois parágrafos foram reescritos para trazer à tona as interpretações possíveis para o caso e, se você ler, verá que não são muito diferentes das que você colocou e do que já havia lá.

  4. claudinei oliveira amaral says:

    o futebol não tem mais graça, flamengo foi rebaixado em 1929,1931 e 1933, do carioca e só disputou a serie b em 1934, o botafogo foi rebaixado em 1986 e fo favorecido pela cbf, o são paulo foi rebaixado em 1990 e houve virada de mesa, o fluminense é o rei dos tapetoes, ma vergonha, antes que eu esqueça o cruzeiro tambem fez virada de mesa em 1994

  5. Pingback: Guerreiro dos Gramados | Cruzeiro Esporte Clube | O Cruzeiro virou a mesa no Brasileirão de 1994? - Guerreiro dos Gramados | Cruzeiro Esporte Clube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Voltar ao Topo ↑